Olá queridos, Estamos rumo ao final de ano e a celebração do Natal. Hoje o tema é recorrente de muitos atendimentos que tenho feito. As falhas de comunicação são muito habituais e mais que normais, porém prejudicam muito as relações. Então exige uma dose grande de autoconsciência e também de saber se comunicar, é claro.

Quais são as falhas na comunicação?

É muito comum perceber nas relações explosões de raiva e cobranças excessivas ou falta de expressão dos incômodos. São as tais polaridades  de emoções, pensamentos e comportamentos que nós serem humanos tendemos a oscilar. É claro que para lidar com pessoas difíceis e raivosas, precisamos usar nossa “agressividade” para dialogar com elas. Porém, usar a agressividade não é gritar, xingar e desvalorizar o outro. Na verdade, é usar nossa força para pontuar nossos limites e nossos sentimentos sem deixar que o outro nos fira. E isso somente acontece quando temos consciência de nossa sombra, os aspectos inconscientes que não gostamos de enxergar que temos. Tem um artigo que falei sobre isso. Clique aqui.

Neste ponto que volto a alta dose de autoconhecimento necessário para saber lidar com a agressividade de forma consciente. Uma coisa muito importante que depende da gente se conhecer, é ter consciência de como me sinto frente ao que o outro faz, e a cada momento expor seus sentimentos. Mas o que acontece se você não fala a cada momento? Você vai engolindo vários “sapos”, como costumamos falar, e tem uma hora que a panela enche e estoura. Assim, o conflito é muito maior. E na maioria dos casos, você perde a razão e a oportunidade de resolver seus problemas de relacionamento de maneira harmoniosa. Além disso, é comum que as interpretações que eu dou com relação ao comportamento do outro são projeções dos meus traumas e significados que eu dei, em vez de checar o que o outro esta fazendo. Isso dá vazão para muitos mais conflitos.

Outra falha muito comum é não ser claro e espefífico do que você sente e qual é a sua necessidade com relação ao outro. Tem um pressuposto da PNL (Programação neuro-linguistica) que fala: “A responsabilidade da comunicação é do comunicador.” Entretanto, tem muitas pessoas que falam: mas, eu fui clara e a pessoa não entendeu. E isso pode ser real mesmo. Afinal, tem pessoas que tem ouvidos e não escutam, olhos para ver e não enxergam. A Antroposofia fala dos 12 sentidos, que funcionando bem, aí sim você consegue ampliar sua percepção e não ficar limitado a suas crenças e paradigmas. Mas a responsabilidade do comunicador também é checar se o ouvinte entendeu. Então, chequem se o outro está compreendendo o recado.

Além disso, há outra falha comum: querer agradar por medo de perder. Isso não leva a nada, porque algum dia a máscara vai cair. Portanto seja você mesmo e desenvolva o amor genuíno em você, as pessoas que convivem com você agradecem.

Desse modo, para se ter uma comunicação saudável, é inevitavel o autoconhecimento meus amores. Coloquem essa meta para 2019 se conhecerem mais. O Universo está pedindo isso. Infelizmente quem não está neste caminho, está se acidentando, ficando doente, apagando incêndio a todo momento! Mais paz para todos nós, Patricia.

Instagram/ Facebbok: @patriciafigueiredosaude